segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Exagerou nas festas de fim de ano... então depois da comilança... um cardapio relax kkkk

Cardápio detox

Receitas e dicas para compensar a comilança, sem abrir mão do sabor

Marina Fuentes, especial para o iG São Paulo


Foto: Divulgação
Salada de quinua bem temperada e colorida é prato saudável e desintoxicante
Tão importante quanto curtir o fim de ano ao lado da família, degustando as especialidades deliciosas (e supercalóricas!) típicas das festas é dar um tempo para o corpo se recuperar depois. Como quase todo mundo vive verdadeira maratona de excessos nesta época, que inclui festa de fim de ano da firma, Natal, ano-novo e amigo secreto da turma, o ideal é compensar na semana seguinte. A boa notícia é que não é preciso recorrer à comida sem graça para isso.
CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER
Aliás, o prazer em comer deve ser considerado um aliado nesse processo. O desafio é deixar bem temperadinhos e bonitos pratos que possam ser degustados sem culpa, como grãos, saladas, sucos e carnes brancas.
A nutricionista Luciana Bruno confirma que quem exagerou não precisa fazer uma dieta de fome. “O truque é deixar os alimentos saudáveis mais atrativos, criando molhos gostosos para saladas e variando os ingredientes, por exemplo”, diz. Faz sentido: por que toda salada de restaurante parece tão gostosa, enquanto a de casa é difícil de encarar? A resposta está nos molhinhos, que devem ter pouca gordura, e na bela apresentação.

Foto: Divulgação
Salada verde com lulas douradas é refeição completa levíssima
Veja a receita:
Segundo Luciana, as saladas podem ser um bom recurso nessa fase – ainda mais com tanto calor – mas devem representar uma refeição completa. “É preciso ter, além dos vegetais, uma proteína, que pode ser peixe desfiado, queijo ou ave, e um carboidrato, que pode vir na forma de croutons, massas integrais ou grãos.” Segundo ela, grãos como feijão branco, lentilha e grão de bico são ótimos para compor saladas. “Fica ótimo temperado com ervas e cebola.”
De olho nesse grupo que quer comer bem e dar uma desinchada no começo do ano, o chef Renato Caleffi, do restaurante funcional Le Manjue Bistrô, criou um menu batizado de “detox”. O cardápio é inteiro feito com produtos orgânicos e não contêm glúten, leite e tem baixa carga glicêmica. As sugestões incluem ingredientes prosaicos feitos de forma interessantes, como os legumes diversos cortados em forma de espaguete com a ajuda de um ralador e que devem ser refogados rapidamente.
Aprenda a fazer: Espaguete de legumes
O menu também inclui sucos funcionais e antioxidantes, que ajudam a hidratar o corpo, têm poder antioxidante e antiestresse. “Muitas vezes vamos atrás de comida porque o corpo está desidratado”, afirma Luciana. Ela sugere combinar ervas e especiarias às bebidas como forma de variar o sabor e enriquecer o valor nutricional. “O gengibre, por exemplo, auxilia a acelerar o metabolismo.”







Fonte: http://www.ig.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá deixe sua msg!